A

antonio-aragao

António Aragão (1921-2008)

António Manuel de Sousa Aragão Mendes Correia nasceu a 22 de Setembro de 1921 em São Vicente e faleceu no dia 11 de Agosto de 2008.
Filho de Henrique Agostinho Aragão Mendes Correia e de Maria José de Sousa. Casou com Estela Teixeira da Fonte.Frequentou o Liceu Jaime Moniz, a Escola Superior de Belas Artes e licenciou-se em Ciências Históricas-Filosóficas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
Através da sua escrita, participou em concursos nacionais e regionais.
Como artista plástico destacou-se tanto na pintura como na escultura, realizou no continente e na região, algumas exposições.
Desde 1972 até à década de 80 foi director do Arquivo Regional da Madeira, anteriormente designado Arquivo Distrital do Funchal. Fez parte da comissão directiva da Quinta das Cruzes, foi também professor da cadeira de História da Arte na Academia de Música e Belas-artes da Madeira.
Na área da etnografia efectuou recolhas ao nível da música tradicional da Madeira e do Porto Santo, nos anos 70, em co-autoria com o professor e músico Artur Andrade, com divulgação em 2 discos L.P., em 1982 intitulados “Cantares e música da Madeira” e alguns CDs em 1996 editados pela DRAC.
Pintor, escultor, historiador, investigador, escritor e poeta, António Aragão foi um dos maiores vultos da cultura portuguesa, do século passado.

Tem uma vasta obra publicada. Destacando-se:
– Para a História do Funchal – Pequenos passos da sua memória, 1979;
– A Madeira vista por estrangeiros: 1455-1700. Funchal : Secretaria Regional da Educação e Cultura. Direcção Regional dos Assuntos Culturais, 1981;

 

artur-andrade

Artur Andrade (1927-1992)

Artur Andrade foi Professor, músico e homem da imprensa, nasceu em 1927, em S. Vicente, e morreu em 1992.
Foi músico e Professor no Conservatório, colaborou na área da música com diversas entidades e publicou vários artigos no Diário de Notícias.
Nos anos 70 com António Aragão (historiador) realiza recolhas de música tradicional. Trabalho editado em 1982, 2LPs intitulado “Cantares e música da Madeira” e alguns CDs em 1996 editados pela DRAC.

* Desenho de António Rodrigues

Anúncios